Atualizado 10/04/2018

Chape perde para o Figueirense na Arena Condá

O jogo aconteceu na tarde deste domingo em Chapecó

Globo Esporte/Divulgação.
Globo Esporte/Divulgação.

    A Chapecoense tentou, mas não conseguiu. O verdão do Oeste enfrentou o Figueirense, pela final do Campeonato Catarinense na tarde deste domingo (8), na Arena Condá, em Chapecó e perdeu o título de 2018: Chapecoense 0 x 1 Figueirense.

 

O Figueirense abriu o placar aos 13 minutos do 1º tempo, com o meio-campo Gustavo Ferrareis, que arriscou um chute de longe e Jandrei, tocou na bola, porém não conseguiu impedir o gol.

 

Aos 40 minutos do 2º tempo, André Luis passou a bola para o atacante Maikon Leite, que na entrada da área tocou por baixo do goleiro Jandrei, que nada pode fazer.

 

    A Chapecoense chegou à decisão com a marca de 100% de aproveitamento na Arena Condá, em nove jogos do Campeonato Catarinense. Quis o destino, que a primeira derrota viesse justamente na partida final.

 

SÉCULO DA DUPLA

 

    A dupla catarinense esteve à frente de grande parte dos títulos do campeonato, neste século, conforme o Diário Catarinense. Dos seis estaduais que detém até agora, quatro o Verdão comemorou desde então. Já o Figueirense turbinou o rol de conquistas, sete dos 17 que tem foram adquiridas desde então e agora soma mais um.

 

CONQUISTAS DAS EQUIPES

 

      Chapecoense – 6 títulos (1977, 1996, 2007, 2011, 2016 e 2017)
    Figueirense – 18 títulos (1932, 1935, 1936, 1937, 1939, 1941, 1972, 1974, 1994, 1999, 2002, 2003, 2004, 2006, 2008, 2014, 2015, 2018.

 

FICHA TÉCNICA

 

CHAPECOENSE – 0
Jandrei; Eduardo (Apodi), Douglas, Rafael Thyere e Bruno Pacheco; Márcio Araújo, Amaral, Luiz Antonio (Vinícius) e Canteros; Guilherme (Arthur Caíke) e Wellington Paulista. Técnico: Gilson Kleina.

 

FIGUEIRENSE – 2
Denis; Diego Renan, Nogueira, Eduardo e Lazaroni; Zé Antônio, Betinho (Pereira), Renan Mota (João Lucas), Jorge Henrique e Ferrareis (Maikon Leite); André Luís. Técnico: Milton Cruz.

Gols: Ferrareis (F), aos 13min do 1ºTempo; Maikon Leite (F), aos 39min do 2ºTempo.


Cartões Amarelos: Wellington Paulista e Amaral (C); Renan Mota, Nogueira, Jorge Henrique, André Luís (F).


Público: 18.064 torcedores.


Renda: R$ 544.545,00.


Arbitragem: Bráulio da Silva Machado, auxiliado por Kleber Lúcio Gil e Helton Nunes. 

Árbitro de vídeo: Rafael Traci, auxiliado por Carlos Berkenbrock.

Fonte: ClicRDC
© Copyright 2017 - Rede Nossa Rádio, Todos os direitos reservados Desenvolvido por HZ Soluções