Atualizado 06/07/2018

Cinco vezes Miranda: zagueiro será o capitão da Seleção contra a Bélgica

Escolhido para usar a braçadeira na próxima sexta-feira pelas quartas de final da Copa do Mundo, o Camisa 3 do Brasil passa a ser o jogador que mais vezes foi capitão sob o comando de Tite

Imagem Ilustrativa
Imagem Ilustrativa

    Miranda será o capitão da Seleção nesta sexta-feira, às 15h (Brasília), contra a Bélgica, pelas quartas de final da Copa do Mundo, mantendo o rodízio da braçadeira na equipe. O anúncio foi feito nesta quinta, tão logo a delegação brasileira chegou ao hotel em Kazan, cidade do confronto.

 

    Será a segunda vez que Miranda atuará com a faixa na Copa do Mundo. Ele havia sido o capitão do Brasil na vitória por 2 a 0 contra a Sérvia, terceiro jogo da fase de grupos. O defensor passa a ser quem mais vezes usou a braçadeira na era Tite, cinco vezes (Equador, Uruguai, Áustria, Sérvia e Bélgica), deixando Daniel Alves na segunda posição com quatro jogos (veja no quadro abaixo).

 

    Antes do Mundial, Tite deixou claro que seguiria com o rodízio de capitães, mas apenas entre os jogadores mais experientes. Além de Miranda, Thiago Silva (contra Costa Rica e México) e Marcelo (contra Suíça) também usaram a braçadeira nesta Copa.

 

    Por volta de 9h45 (Brasília), Miranda e Tite concederão entrevista coletiva na Arena Kazan, palco da partida contra os belgas. Às 11h30, o último treino será realizado, só que no estádio antigo do Rubin Kazan, para que o gramado da arena seja preservado.

 

 (Foto: infoesporte) (Foto: infoesporte)

(Foto: infoesporte)

 

Fonte: Globo Esporte
© Copyright 2017 - Rede Nossa Rádio, Todos os direitos reservados Desenvolvido por HZ Soluções