Atualizado 17/05/2018

Médica da Atenção Primária de Cunha Porã participa de eventos nos EU e Índia

Evento reuniu lideranças do mundo inteiro

Divulgação
Divulgação

    Incentivar jovens profissionais das mais variadas áreas a optar pela atuação junto às comunidades rurais. Este é o principal objetivo da médica Mayara Floss, que atua na Unidade Básica de Saúde de Cunha Porã, junto ao Estratégia Saúde na Família 3 (ESF). Com base neste propósito a profissional, no decorrer de sua formação, vem desenvolvendo projetos e ações premiadas em nível mundial.

 

    Em meados de março, Mayara esteve em Nova Iorque, nos Estados Unidos, na sede da Organização das Nações Unidas (ONU), onde participou do 62º Empowering Rural Women and Girls. Evento que reuniu lideranças do mundo inteiro, e contou com mesa de debates cujo principal aspecto discutido foi a saúde das mulheres e meninas rurais, assim como a definição de políticas públicas, em nível mundial, para o acesso das mulheres ao atendimento em saúde e de forma mais humanizada. Na oportunidade a médica apresentou a experiência de Cunha Porã e da “Sementes Rurais” (ou Rural Seeds em inglês).

 

Troca de experiência

 

    Já nas últimas duas semanas Mayara esteve na Índia. Na primeira semana a médica visitou a comunidade rural indiana de Kolenchery, situada no Sul daquele País. Durante esta visita a médica pode conhecer o setor de emergências que é bastante organizado e estruturado e trocar experiência com relação a atenção primária, e a importante discussão sobre a fixação dos trabalhadores da saúde nas comunidades locais.

 

    Por outro lado, Mayara destaca que na Índia não existe um Sistema Único de Saúde público e de direito universal, a exemplo do SUS do Brasil, e muitas vezes as pessoas precisam pagar pelo atendimento ou depender de filantropia, tornando o acesso à saúde mais complicado financeiramente e as vezes inacessível. “Com relação as doenças, há muitas semelhanças com o Brasil, no entanto, o número de acidentes veiculares é muito mais elevado”, pondera.

 

    Já na segunda semana de sua estadia na Índia, a médica participou da 15ª World Rural Health Conference, a maior conferência mundial de saúde rural, que ocorreu em Nova Délhi. Entre os debates esteve os cuidados, tanto com o profissional quanto com a população, dentro de suas necessidades e particularidades.

 

    Mayara, que integra o Conselho Executivo Mundial de Saúde Rural da Organização Mundial de Médicos de Família (Wonca), também teve a oportunidade de participar da formulação da Declaração de Délhi, que consiste em propor ações voltadas à saúde rural. Esta iniciativa teve como base a Declaração de Alma-Ata, de 1978, que previa garantias de saúde até os anos 2000. Segundo Mayara, a partir desta nova Declaração de Délhi realiza-se uma reflexão sobre como garantir acesso a saúde de qualidade para todo o mundo, inclusive em áreas rurais, até 2030.

 

    Outro evento que teve a participação da profissional que atua na Unidade de Saúde de Cunha Porã foi um Café transmitido online contando com representantes de vários países, cuja pauta foi sobre os cuidados com o meio rural. Mayara criou esse projeto desenvolvido em 2015, chamado Café Rural até hoje mais de 40 países já participarem.

 

Premiações e reconhecimento

 

    No decorrer do Congresso teve também premiações. Na oportunidade a médica Mayara Floss e a acadêmica de Medicina da Universidade Federal de Uberlândia/MG, Ana Júlia Araújo de Carvalho, que estagiou na Secretaria de Saúde de Cunha Porã, foram premiadas com o melhor curta-metragem de animação intitulado: “Por que a Saúde Rural é Diferente da Urbana?”. A médica e a acadêmica de Medicina também receberam prêmio de primeiro lugar com relação ao funcionamento da Estratégia de Saúde da Família 3 (ESF) em Cunha Porã. Com destaque para os cuidados paliativos no próprio domicílio e para o serviço dos Agentes Comunitários em Saúde.

 

    Mayara também foi premiada com a melhor sonoplastia no trabalho: “Ruralices”. E ainda recebeu o Prêmio de Liderança Mundial para Saúde, em decorrência ao trabalho prestado; além de Reconhecimento pelo serviço prestado em nível mundial.

 

    De acordo com Mayara, enquanto profissional médica, sua intenção proporcionar em equipe o melhor e mais qualificado cuidado para o indivíduo, sua família e comunidade.  Já com relação a sua participação nos eventos, Mayara destaca que a troca de experiências tem por objetivo sempre melhorar o atendimento e contribuir especialmente com as comunidades rurais e agradece pela equipe, colegas e gestão que permitiram que ela participasse dos eventos.

Fonte: Ascom Cunha Porã
© Copyright 2017 - Rede Nossa Rádio, Todos os direitos reservados Desenvolvido por HZ Soluções