Atualizado 15 horas atrás

Governo e caminhoneiros chegam a acordo e paralisação é suspensa por 15 dias

Pelo texto, entidades de caminhoneiros se comprometem a apresentar termo de acordo aos manifestantes

Divulgação
Divulgação

    Após uma reunião de mais de seis horas com representantes de entidades de caminhoneiros, os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil), Carlos Marun (Secretaria de Governo), Eduardo Guardia (Fazenda) e Valter Casimiro (Transportes) anunciaram na noite desta quinta-feira (24) a proposta do governo de um acordo para a suspensão da paralisação da categoria, que há quatro dias provoca bloqueios de rodovias e desabastecimento em todo o país.

 

    Pelo texto do acordo, os representantes das entidades de caminhoneiros que participaram da reunião (à exceção de um) se comprometeram a "apresentar aos manifestantes" os termos do acordo.

 

    Questionado se, com o anúncio, haverá normalização da situação, Padilha disse acreditar que a "qualquer momento" o movimento dos caminhoneiros começará a ser "desativado".

 

    No Rio de Janeiro, o governador Luiz Fernando Pezão (MDB) anunciou redução de 16% para 12% do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) do diesel em troca da suspensão do movimento nas rodovias do estado.

 

    Leia a matéria na íntegra clicando aqui. 

Fonte: G1
© Copyright 2017 - Rede Nossa Rádio, Todos os direitos reservados Desenvolvido por HZ Soluções