Atualizado 29/04/2019

Invicto, Inter carimba 1º lugar do grupo e persegue melhor campanha na Libertadores

Colorado chega a 13 pontos e pega River Plate na Argentina já classificado

Foto: Ricardo Duarte / Internacional / Divulgação
Foto: Ricardo Duarte / Internacional / Divulgação

Após quatro anos, o Inter voltou à Libertadores logo no grupo que se desenhava da "morte", com o atual campeão River Plate como adversário... E dissipou com sobras qualquer dúvida que ameaçasse a classificação.

 

    A equipe de Odair Hellmann já garantiu não só a vaga nas oitavas de final como a liderança do Grupo A com uma rodada de antecedência, ao vencer o Alianza Lima por 1 a 0 nesta quarta-feira, no Estádio Nacional, no Peru.

 

    O Colorado fez tudo isso com uma campanha invicta. São 13 pontos somados em quatro vitórias e um empate nos cinco jogos da competição até aqui. Mas todo o retrospecto passa longe de fazer os colorados decretarem "missão cumprida" na fase de grupos da Libertadores

 

    Depois de vencer o Alianza Lima na capital peruana, o Inter se mobiliza para encerrar com a melhor campanha. E, assim, garantir vantagem de decidir em casa todos os confrontos que disputar na fase de mata-matas - à exceção, claro, de uma eventual final em jogo único, no Chile.

 

    O resultado desta quarta-feira permite à equipe enfrentar o River Plate no Monumental de Núñez, em 7 de maio, sem riscos de perder a ponta do grupo para o rival argentino.

 

    - Tínhamos alcançado um objetivo, que era a classificação. Hoje (quarta) alcançamos outro, o primeiro lugar. Ainda tem mais um jogo. Sempre pode melhorar. Temos que nos preparar. Estamos em abril ainda, em uma evolução boa. Nos jogos decisivos, não perdemos nenhum. Estamos no caminho certo - diz o vice de futebol Roberto Melo.

 

    O discurso do dirigente tem a chancela dos números. O Inter é dono da segunda melhor campanha da Libertadores, com 86,66% de aproveitamento, atrás apenas do Cruzeiro, com 15 pontos e 100% de aproveitamento em cinco jogos.

 

    O Cerro Porteño também venceu todos os seus jogos, mas disputou apenas quatro partidas até o momento. Os paraguaios enfrentam o Zamora, na Venezuela, nesta quinta-feira para tentar se igualar à Raposa.

 

    Pela melhor campanha

 

Time Grupo Pontuação Pontuação máxima Saldo
Inter A 13 16 5
Cruzeiro B 15 18 10
Cerro Porteño E 12 18 6
Nacional E 12 15 3
San Lorenzo F 10 16 4
Palmeiras F 9 15 7
Libertad H 12 15 5

 

    Na Argentina, o Inter terá de vencer o River Plate e ainda torcer ao menos por um empate do Cruzeiro contra o Emelec na última rodada. Mas uma derrota celeste é quase imperativa, dada a diferença no saldo de gols (10 a 5). O Cerro também precisa tropeçar em pelo menos um dos jogos restantes no Grupo E, assim como o San Lorenzo, no F.

 

    Como a quinta rodada ainda não se encerrou, outros seis clubes podem fazer pontuação maior que a do Inter. Ainda assim, o Colorado já tem assegurada a quinta melhor campanha da fase de grupos.

 

    Além da primeira colocação, o triunfo desta quarta-feira serve ainda como fator de remobilização, após a perda do título gaúcho para o maior rival, Grêmio. De acordo com o técnico Odair Hellmann, os primeiros ajustes já surtiram efeito, mas é preciso ainda melhorar para as decisões restantes na temporada.

 

    - É importante a vitória após a perda de um título para reequilibrar as situações, até para não ter pressão externa. Estamos conscientes do que fazemos. Há sempre ajustes, mas sempre faremos. Corrigimos ganhando. Isso é o importante - destacou o treinador.

 

    Antes de pensar na Libertadores, no entanto, o Inter concentrará forças no Brasileirão. A estreia na caminhada rumo ao tetracampeonato ocorre no sábado, quando pega a Chapecoense, na Arena Condá, às 19h.

Fonte: Globo Esporte
© Copyright 2017 - Rede Nossa Rádio, Todos os direitos reservados Desenvolvido por HZ Soluções